Erasmus+ e CES 2021-2027 com acordo alcançado

15-12-2020

Já é uma realidade o acordo político entre o Parlamento Europeu e o Conselho sobre um novo programa Erasmus+ e um novo Corpo Europeu de Solidariedade para o período entre 2021 e 2027. Conclui-se, assim, com sucesso, o processo negocial do Trílogo que permite, agora, a aprovação final dos textos legais pelo Parlamento e pelo Conselho e o despoletar, pela Comissão, do processo de adoção do programa anual de trabalho para 2021 e, subsequentemente, do lançamento de nova convocatória de candidaturas.

O programa Erasmus+, que abrange as áreas da Educação, Formação, Juventude e Desporto, irá mobilizar um orçamento global de mais de 26 mil milhões de euros que financiarão um programa que se quer mais inclusivo e inovador, mas também mais verde e digital.

O novo Corpo Europeu de Solidariedade, que incorpora agora também as ações de voluntariado de ajuda humanitária, terá um orçamento superior a mil milhões de euros o que permitirá apoiar o compromisso cívico e solidário de cerca de 350 mil jovens entre os 18 e os 30 anos, ou 35 anos na vertente da ajuda humanitária.

Na iniciativa AgoraEU2020 foi possível partilhar com os beneficiários algumas das principais mudanças que, já perspetivávamos, iriam conformar os novos programas e as novas oportunidades e desafios que transportam. 

Programas mais desburocratizados, com gestão mais autónoma e flexível e orçamentalmente reforçados, a par com entidades capacitadas para deles fazerem uso de forma esclarecida, são a combinação que nos pode permitir bem cumprir a nossa missão e transportar a nossa acção para novos patamares de inclusão, intervenção e qualidade.

Mais informações sobre o Erasmus+ 21-27 AQUI e sobre o CES 21-27 AQUI


Partilhar:

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.