Últimas Notícias

Fique a par de todas as novidades!

Como podemos ajudar?

Consulte as respostas às perguntas mais frequentes

A título excecional, a Comissão permite o adiamento por até mais 12 meses. Para tal, o beneficiário tem de evocar a cláusula de força maior e fundamentar devidamente o pedido. Esta situação terá de ser analisada caso a caso, pela Agência Nacional, pelo que deverá contactar o técnico da Agência Nacional que está a acompanhar o seu projeto.

Para as candidaturas ao Programa Erasmus+ (2014-2020) não, não é necessário nenhum processo de acreditação prévio. Deverão, no entanto, verificar as questões de elegibilidade para cada uma das ações em específico.

Sim é. Deverá comunicar previamente todas as alterações à Agência Nacional para que possamos ter conhecimento das mesmas e garantir que não há problemas para você antes do relatório final. Não há problema em mudar o tempo de sua atividade, desde que as novas datas estejam dentro do período aprovado do projeto.

Sim, a VAP poderá ser implementada de forma virtual, no entanto, nestes casos não haverá lugar a financiamento para esta atividade. Contudo, a verba que estava inicialmente aprovada para a VAP presencial poderá ser transferida para outras rúbricas orçamentais ou atividades, se necessário e devidamente justificado.

Se tens entre 13 e 30 anos podes participar numa atividade de intercâmbio de jovens, para isso é necessário contactar uma organização, poderá ser da sua área de residência ou não, que participe no Programa, como coordenador ou parceiro. Poderás encontrar no nosso site em https://www.juventude.pt/pt/pages/subvencoes, as organizações que têm projetos aprovados em cada tipo de atividade.

Eurodesk

Clica para saber mais desta associação

Saber mais
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.